Contar estórias em sala de aula: o professor e sua voz

PROJETO

Contar estórias em sala de aula: o professor e sua voz

Público alvo: professores dos ensinos fundamental e médio e universitário

Carga Horária: em aberto

Professor: José Alaercio Zamuner

Contatos:

E-mail: alaercio@uol.com.br

cantarestoria@gmail.com

Público alvo: professores do ensino fundamental e médio interessados em desenvolver estudos sobre a tradição de contar estórias.

Objetivos:

Este projeto pretende:

1)      Oferecer breve discussão sobre a tradição oral;

2)      Propor oficina de narrar histórias.

Atividades da palestra;

1)      Apresentação de histórias da tradição oral / popular;

2)      Discutir a prática e tradição de narrar histórias entre os povos. (explicar a variação dos vocábulos história e estória;

3)      Discutir os recursos e estilos usados pelos narradores ao contar histórias;

4)      Promover estudos teóricos pertinentes às literaturas culta e popular(Gênero Narrativo;

5)      Promover exercícios envolvendo adaptações, compilações de textos;

6)      Promover oficina de narrar histórias.

Justificativas:

A recuperação do contador história em nossos dias tem uma importância fundamental, porque esta atividade oferece-nos um retorno às origens da ficção: ao mundo das fábulas, presentes ainda hoje nas comunidades primitivas, iletradas, roceiras, e marcantes em Sonhos de uma noite de Verão, de William Shakespeare, nas obras de Guimarães Rosa, começando por Sagarana, fundamental em Macunaíma, de Mário de Andrade.

A eficácia deste contar história se dá exatamente porque a narrativa oral traz consigo a representação nos gestos e vozes dos narradores. Recuperar esta atividade é impulsionar o aperfeiçoamento e o prazer da prática da leitura; pois subjaz às narrativas um convite, mais explícito, ao ouvinte para uma viagem pelo mundo das fábulas, das fantasias.

Para este projeto “dar voz à literatura pelo ato de contar histórias”, o autor não estabelece uma fronteira na escolha das obras. Os textos selecionados são de autores da atualidade, de domínio público, de autores consagrados e textos da literatura oral, como mitos, lendas, anedotas, fábulas e cantigas de roda.

As fontes são as mais diversas possíveis, já que a intenção de “Ficções: o narrador e sua voz” é contar histórias, não importa a origem. O texto para esta dinâmica pertence à tradição oral africana, mas adaptado às tradições brasileiras, que têm como origem as raças: tupi, européia e africana.

Sobre o autor do projeto:

José Alaercio Zamuner é Mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada – USP, Professor Universitário, autor das obras: Sertão Flamboyant, 1996, Cantare Estórias, 2008, entre outras. Ver currículo Lattes  http://lattes.cnpq.br/7070676286783456

e Blog  https://alaerciozamuner.wordpress.com

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFIAS

Bibliografia básica:

ARISTÓTELES. Poética. São Paulo, Nova Cultural, 1996. (Ver primeiro capítulo)

BENJAMIN, Walter. “O Narrador”. In: Textos Escolhidos.’ Modesto Carone. São Paulo, Abril, 1983. (Os Pensadores) (Ver O Narrador)

CASCUDO, Luís da Câmara. Literatura Oral no Brasil. Rio de Janeiro, José Olympio, 1978. (Ver primeiro capítulo)

___. Dicionário do Folclore Brasileiro. Rio de Janeiro, Ediouro, s/d.

ELIADE, Mircea. Mito e Realidade. Trad. Pola Civelli. São Paulo, Perspectiva, 1994. (Ver A estrutura dos Mitos)

RAMOS, Graciliano. Alexandre e Outros Heróis. Rio de Janeiro, 1979. (Ver Primeira aventura de Alexandre)

ROSA, João Guimarães. Sagarana. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1984. (Observar em  O Burrinho Pedrês a ocorrência de uma estória dentro de outras)

ZAMUNER, José Alaercio. Cantare Estórias. São Paulo, Plêiades, 2011, 2ª ed. (ed. adotada pelo Apoio ao Saber da Secretaria De Educação do Estado de São Paulo, 2011)

___. “Tradição Oral e Literatura Erudita: a recuperação do Narrador” In: Ficções: Leitores e Leituras (org. Bosi, Viviana e outros). São Paulo, Ateliê  (Ver PDF no blog)

Bibliografia  complementar:

ALENCAR, José de. O Nosso Cancioneiro (Cartas ao Sr. Joaquim Serra). Rio de Janeiro, Livraria São José, 1962.

Almeida, Renato. Manual de Coleta Folclórica. Rio de Janeiro, Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro, 1965.

___. Tradições Populares. São Paulo, Hucitec, 1982.

ANDRADE, Mário de. Macunaíma. São Paulo, Círculo do Livro.4.

___. Danças Dramáticas do Brasil. São Paulo. Livraria Martins ed., sem data, (1º Tomo).

BOPP, Raul. Poesia Completa de Raul Bopp ( Org. e com. Augusto Massi). Rio de Janeiro, José Olympio – Edusp, 1998.

Candido, Antonio  Formação da Literatura Brasileira. 2 vols. Rio de Janeiro, Ed. Itatiaia, 1993.

___. Literatura e Sociedade. São Paulo, Publifolha, 2000 (Grande nomes do pensamento brasileiro.)

GRILO, Nícia de Queiróz (organização) e outros. Grupo Granada de Contadores de História.

Histórias da Tradição Sufi. Rio de Janeiro, Edições Dervbish – Instituto Tarika, 1993.

HUIZINGA, Johan. Homo Ludens. Trad. João Paulo Monteiro. São Paulo, Perspectiva, 1999.

JOLLES, André. Formas Simples. Trad. Álvaro Cabral. São Paulo, Cultrix, 1976.

ROSA, João Guimarães. Grande Sertão: Veredas. Rio de Janeiro, José Olympio, 1980.

___. Sagarana. Rio de Janeiro, José Olympio, 1978.

SPINA, Segismundo. Na Madrugada das Formas Poéticas. São Paulo, Ática, 1982.

TAVARES, Hênio. Teoria Literária. Belo Horizonte, Itatiaia, 1974.

VICO, Giambatista. “Princípios de uma Ciência Nova: acerca da natureza comum das nações.” In: Bruno / Vico. Trad. Antonio Lázaro de Almeida Prado. São Paulo, Nova, Cultural, 1988.(Col. Os Pensadores)

WARNER, Marina. Da Fera à Loira: sobre contos de fada e seus narradores. Trad. Thelma Médici Nóbrega, São Paulo, Companhia da Letras, 1999.

ZAMUNER, José Alaercio. Sertão Flamboyant. São Paulo, Lábaron, 1996. Editorial, 2001.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: