Quo vadis?

No deserto com nuvens de poeira

Sua mente rodopia veloz

Os caminhos turvos, zumbindantes;

Faz espiral, gira em redemoinho,

Encontra no epicentro nuvens.

Dentro: diabos, hienas, vermes.

Não!… Gira em redemoinho

Seus anjos, os arcanjos em plumas.

No epicentro voam suaves.

Neste deserto… Que deserto?!

O sol no topo da montanha

Ilumina a campina: verde!…

Pastam ovelhas, renas em calmaria…

O sol radioativo no alto

Ilumina a romaria dos Pterossaurus,

                                                                       Ceto-ssaurus.

No epicentro do pântano!

Não! São os anjos em vôos

No céu aberto da supernova!

O sol: os pólos engoliram!…

Neste deserto… O sal virou açúcar.

Quo vadis?!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: