Cheiro de Mexerica

Cheiro de Mexerica

ummmm!… Prefiro, sempre, o mês de junho. Já constatei, após avaliar um por um, como este mês conduz a gente às quitandas dos supermercados quando juntam porção desta fruta com cheiros feromônios que, inalados de muito longe, levam ao pomar carregadinho de meninos púberes, trepando galhos na busca de gomos, gomos maduros, sem tardar tempo algum… Porque foi neste certo junho a escolha, urgente, do pé de mexerica da Dona-Dinha que, a um só olhar soslaio, de sempre ressaca, abriu janela inteira; e debruçada fronte à fruteira mais viçosa do Magioli, os moleques subiram nas pontas dos galhos se lambuzando de todas as maneiras: vendo com a testa e lambendo com olhos o caldo cítrico, das usinas químicas, que descia e subia naquela tarde… Mas um tanto apressados, ambos os lados, porque, carece que se diga: o Cinézio – eram casadinhos de novo – domador de burro brabo, estava no curral castrando as testosteronas dos garrotes para formar nova junta de bois eunucos:

– Que chupem logo esta fruta, moçada, ele já é-vem!… –, disse num preocupado aviso, de tão dada e caridosa…

E numa dupla ânsia dos hormônios, o caldo dos gomos da mexerica espirrava aos olhos moleques; e aos olhos redondos e negros de Dona-Dinha: pousada bem ali, à janela aberta, guardando aquele templo cheio de meninos e cheiro de mexerica:

– Venha. Pare de cheirar tanto estas mexericas, homem!…

Que as guardiãs Vestais protejam estes pomares de junho!…

PDF
file:///C:/documentos%20pai/Cr%C3%B4nicas/cotidiano+julho+2009_Al%C3%A1.pdf

Crônica publicada pela revista SUPERHIPER

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: