O Natal é um Túnel de Palha

José Alaercio Zamuner

Quando era criança, nos tempos de vida sertaneja nas roças da Batinga, Monte Sião, me lembro bem que ao final de cada colheita de feijão, nós, crianças, fazíamos uma festa com a palha que restava do feijão após ser batido. Grãos prum lado e palha restante pro outro, depois, dessa palha, tão necessária quanto o alimento colhido, nosso pai fazia um Túnel de Palha para nossas brincadeiras. Aflitos, olhos arregalados, mal podíamos esperar o túnel ficar pronto, e pronto, nosso pai abria aquela portinha frágil e a gente entrava e o Túnel de Palha reluzia veloz suas luzes e levantava voo, indo até as nuvens, levando a gente bem dentro de nossas fantasias.

Hoje, aquela fantasia de criança roceira vem em minha mente toda vez que, ao final de cada ano, dezembro, entro nos supermercados, nos shopping centers ou passeio pela cidade e vejo aqueles enfeites nas ruas, nas árvores, nos corredores, estrelas, cometas e luzes de neon, tudo circulando e reluzindo no teto, crianças e gente grande brincando, correndo em movimentos frenéticos, olhos arregalados. E andando, me vejo meio voando naquele mesmo Túnel Palha que se lança ao ar, subindo nas nuvens decoradas de onde descem os anjos de nossas fantasias.

Com tudo isso, somando e subtraindo anos e progresso e Albert Einstein e nanotecnologia: noves fora!…, debaixo de tudo e sobre qualquer lona ou teto ou céu existe uma Senhora: a Dona Fantasia que vem sempre voando sem limites para todos os lugares, desce em todos os cantos dos homens da terra. Vem solta no vento, livremente, e distribui sonhos para qualquer um, na mesma intensidade, sem distinção de nada, nada! Até parece dizer: “tá tudo bem, tudo bem, tire qualquer coisa de mim, qualquer coisa, meu puro prazer é doar fantasia, sonhos.”

E é assim o Natal, tempo de receber a Senhora Fantasia, só ela é capaz de abrir suas imensas asas abraçando os mais diferentes lugares, do frágil Túnel de Palha ao mais luxuoso shopping, e transformar todos os seres humanos iguais nos sonhos, fazendo com que todos os lugares sejam simplesmente só um Túnel de Palha, bem ao sabor do Natal: uma grande fantasia, para se viajar livremente, ir às nuvens, visitar estrelas, encontrar familiares, amigos e dizer Feliz Fantasia: Feliz Natal!…, porque para ela, a Senhora Fantasia, o Natal é e sempre foi um Túnel de Palha. (JAZ)

 

2 Respostas

  1. Republicou isso em doripimentae comentado:
    Um simples Tunel de palha. Muito lindo. Muito bem escrito. Parabens!

    • Olá, Dorival, como vai, amigo de longas datas e papos? Sempre com uma leitura inteligente.
      Me orgulho de ter um leitor como você. É muito especial, porque conheço sua história.
      Mais especial seria ouvi-lo. Vamos trocar umas palavras (porém, sonoras) qualquer dia.
      Abração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: